Aprenda algumas dicas que podem melhorar a sua Política de SST

Segurança no Trabalho - 29/03/2016

A Política de SST depende, entre outras ações, da comunicação entre os setores e colaboradores da empresa e pode fazer a diferença no resultado das ações de SST propostas pelo SESMT

Política de SSTO trabalho dos profissionais da área de Saúde e Segurança do Trabalho (SST) envolve basicamente duas frentes principais. Primeiro, a prevenção e, segundo, a conscientização. A equipe formada por esses profissionais tem como missão proteger a integridade física e psicológica do funcionário. Isso pode ser um verdadeiro desafio, dependendo de como as ações de SST são divulgadas e recebidas pelos funcionários.

Com uma Avaliação Ambiental, por exemplo, é possível analisar e definir as estratégias e medidas de segurança para compor a Política de SST da empresa. Esse documento aborda a criação de campanhas educativas, implantação de equipamentos e a divulgação exaustiva de informações de SST. Na parte prática, inserir a segurança na rotina de trabalho exige didática, paciência e jogo de cintura para adequar os colaboradores às boas práticas.

Uma ideia para evitar esse tipo de situação é unir as ações de SST, propostas pelo Serviço Especializado de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) ou pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), com as ações da área de Comunicação de uma empresa. Assim, os discursos ficam alinhados e a compreensão, absorção e prática daquele conteúdo pode ser potencializada. Apesar de usar elementos de precisão, como estatísticas, indicadores e probabilidade, o profissional de SST lida diretamente com pessoas. Por isso, a divulgação e a comunicação podem fazer a diferença para o sucesso de uma campanha de SST.

Política de SST: Principais benefícios

Um dos principais benefícios da Política de SST é a economia que ela proporciona, especialmente a longo prazo. Segundo estudos da Escola de Negócios da Universidade da Califórnia e da Universidade de Harvard, cumprir a legislação trabalhista pode economizar bilhões de dólares. Este valor inclui despesas médicas, aumento da produtividade e ausência de multas trabalhistas. Diante disso, o investimento em qualidade de vida torna-se cada vez mais estratégico. Afinal, diminui os custos, aumenta a competitividade e mantém os colaboradores estimulados. Cada vida poupada e cada ação para manter a integridade física e psicológica dos colaboradores reflete além da empresa. Com um olhar mais humano, é possível perceber que elas incidem diretamente nas famílias, portanto, na sociedade como um todo.

5 Comentários
  1. […] como cuidar da saúde, a política de SST envolve principalmente duas frentes, a prevenção e a conscientização das pessoas. Entre as […]

  2. […] é muito importante. Os higienistas ocupacionais estão empenhados em proteger a saúde e a segurança dos trabalhadores nas indústrias e qualquer outro ambiente ocupacional. Esses profissionais mantêm os trabalhadores e até mesmo as […]

  3. […] (SST) eficaz pode contribuir para amenizar impactos na Folha de Pagamento. Mais do que isso, ao promover a política de SST, a empresa ganha com produtividade, aumentando a competitividade da […]

  4. […] (SST) eficaz pode contribuir para amenizar impactos na Folha de Pagamento. Mais do que isso, ao promover a política de SST, a empresa ganha com produtividade, aumentando a competitividade da […]

  5. […] de investir em Saúde e Segurança do Trabalho (SST). O estudo mostrou que a divulgação da Política de SST e suas boas práticas trazem muitas vantagens para a empresa. O tema é tão importante que mais de […]

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios.