Maestro BPM lança novos gráficos no Cockpit

Maestro BPM - 03/03/2016

Recursos permitem que os gestores identifiquem com mais agilidade os gargalos operacionais e avaliem o desempenho das equipes de trabalho

O Maestro BPM – Software Gerenciador de Processos de Negócios e parceiro do SOC – Software Integrado de Gestão Ocupacional desenvolveu novos gráficos para o Cockpit, um painel de controle para gerenciar os processos instanciados no software. Com a ajuda de gráficos, interfaces visuais de fácil interpretação e intuitivas, as novidades auxiliam os gestores nas estratégias e visão de negócio. Diante desse cenário, o Maestro BPM assume um papel fundamental para fornecer uma série de informações e indicadores de forma dinâmica e a poucos cliques dos usuários.

Entre as novidades está o Gráfico de SLA (Service Level Agreement, ou Acordo de Nível de Serviço), que utiliza um alerta visual com as cores verde, amarelo e vermelho para ilustrar os processos instanciados dentro de um prazo de conclusão ou atenção. “Cada empresa configura o prazo dos processos e o tipo de atuação do gráfico em relação às mudanças de cores. Tudo isso é apresentado no formato de um velocímetro, facilitando a identificação e cumprimento dos prazos”, explica Michell Sarno, Líder de Projetos do Maestro BPM. Outro modelo é o Gráfico de Processos Abertos por Hora, que identifica os picos de utilização dos processos, possibilitando alocar mão-de-obra em determinados horários, mostrando os processos instanciados de hora em hora, com gráficos em formatos de linhas, picos e números.

O Maestro BPM conta com três situações para evidenciar os processos concluídos, em andamento e cancelados, sendo que o status de cada um é indicado em um gráfico. “Essas informações são traduzidas em formato de barras, gerando o Gráfico de Situação do Processo”, contextualiza Luiz Henrique, Analista de Desenvolvimento do Maestro BPM. Os gestores ainda contam com o Gráfico do Controlador, que mostra o número de processos vinculados para cada Usuário Controlador. “Ele apresenta o volume de processos sob responsabilidade de cada controlador de processo e relacionando o volume geral dos processos ao desempenho de cada um”, comenta o Analista.

O Cockpit já possuía vários modelos de gráficos que controlavam os processos instanciados, qual usuário solicitou mais processos, as pendências de cada área e outros mecanismos de gerenciamento desenhados para cada tipo de negócio. “Eles nasceram de demandas em comum entre os gestores, independentemente das áreas de atuação ou modelos de negócios. Agora, para aprimorar as ferramentas, nós desenvolvemos todos esses modelos de gráficos. Nossa intenção é melhorar as formas de contabilizar e de apresentar os indicadores empresariais, agilizando as tomadas de decisão e melhorando cada vez mais o software”, finaliza Michell.

Um Comentário
  1. […] o Maestro BPM é flexível ao organograma de cada cliente. A ferramenta ainda conta com um gráfico exclusivo no Cockpit. “Com a ajuda dos gráficos, é possível visualizar, analisar, corrigir ou modificar os […]

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios.