Seis pontos que podem ajudar a reduzir passivos trabalhistas

Saúde Ocupacional - 19/01/2017

Elementos relacionados à Saúde e Segurança do Trabalho são considerados passivos trabalhistas de alto impacto na folha. Como insalubridade, periculosidade e doenças ocupacionais, saiba mais.

Seis pontos que podem ajudar a reduzir passivos trabalhistas

A Gestão Ocupacional possui um caráter muito estratégico nas empresas. A longo prazo, uma gestão de Saúde e Segurança do Trabalho (SST) eficaz pode amenizar impactos na Folha de Pagamento. Mais do que isso, ao promover a política de SST, a empresa ganha produtividade e aumenta a sua competitividade.

De uma forma geral, as empresas querem diminuir gastos e potencializar os seus resultados. Pensando nisso, unir áreas ou departamentos pode reduzir passivos trabalhistas. Setores, como Jurídico, Recursos Humanos (RH), Medicina e Segurança do Trabalho, Financeiro e a cúpula estratégica são essenciais para isso.

O passivo trabalhista pode ser facilmente entendido como toda aquela despesa que causa prejuízo para o balanço da empresa. Mas que não são consideradas despesas de funcionamento. Ou seja, pode-se entender que estes custos são causados por uma falha administrativa. Que não buscou solucionar a origem de tal gasto, trazendo prejuízo para a empresa ou organização. Um dos principais aspectos que colabora para este sentido são os processos trabalhistas, que estão diretamente relacionados a segurança do trabalho e Recursos Humanos.

Todo empreendedor sabe o quanto uma ação trabalhista pode afetar o seu caixa. Bem como suas finanças ao final do processo, com o pagamento de multa para o funcionário que moveu a ação. Portanto, é importante que o gestor tenha atenção especial em prevenir estas situações. Para isto, listaremos seis pontos que podem ajudar a reduzir passivos trabalhistas dentro de sua empresa.

Veja seis pontos importantes para reduzir passivos trabalhistas:

  • RH Capacitado:

    Instruir a equipe de RH sobre os riscos mais comuns no ramo de atuação. Tais como periculosidade, insalubridade e incidência de doenças ocupacionais. Além disso, a equipe deve analisar o descompasso entre a legislação de SST e a sua aplicação por parte das autoridades.

    Outro aspecto importante relacionado à sua área de Recursos Humanos é focar em um efetivo suporte jurídico. É importante que seus funcionários responsáveis pela gestão da equipe tenham conhecimento sobre as leis que protegem os trabalhadores. Somente desta forma é possível ter garantias de que todos os aspectos previstos nesta legislação estão sendo cumpridos de maneira eficiente.

    Outro ponto importante é que este profissionais saberão a forma correta de cobrar colaboradores que não estejam contribuindo para a empresa. Sem que haja riscos de futuras ações judiciais que possam trazer passivos trabalhistas para a organização.

  • Diálogo:

    É essencial manter a comunicação entre todas as áreas, evitando ruídos na troca de informações. Em especial, o RH e o Jurídico, que podem definir um plano de ação para reduzir riscos de passivos trabalhistas.

    Essa integração entre equipe também deve ser levada a outros setores importantes para o funcionamento de sua empresa. Por exemplo, área de vendas e marketing. Tal fato é importante para dois aspectos, o primeiro é no que diz respeito aos resultados gerais da empresa, já que uma equipe entrosada consegue obter melhores resultados.

    O outro ponto é fazer com que todos os setores lidem da mesma forma com seus colaboradores, tal aspecto reduz consideravelmente os atritos entre funcionários e diminuir a ocorrência de ações que levem a passivos trabalhistas.

  • Profissionais Especializados:

    Dependendo do tamanho da empresa, é obrigatório estabelecer uma equipe de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT). Portanto, contratar profissionais que já possuam habilidades de gestão do sistema de SST poderá contribuir para melhorar os resultados da equipe. Assim como o setor de Recursos Humanos, você também deverá ter atenção a uma equipe específica para segurança do trabalho.

    Outro aspecto interessante que ajuda a melhorar a imagem deste setor diante dos demais funcionários e mostrar o quão capacitada está o time. Caso sua empresa integre o grupo de empreendimentos que, obrigatoriamente, precisam ter um SESMT, ofereça cursos de capacitação e divulgue-os entre todos os setores. É importante que todos os colaboradores se sintam seguros em suas rotinas.

  • Documentação:

    O RH deve ser o responsável pela documentação. E isso envolve a guarda, controle, organização e rápido acesso às informações. dos funcionários. Tais como Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT), Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP), entrega de EPI e outros. Esses arquivos salvaguardam a empresa em caso de ações trabalhistas. A ausência de um deles pode significar a perda de uma ação e, portanto, custos.

    É importante que seu RH tenha ciência que este armazenamento de informações pode ser definitivo para reduzir potenciais passivos trabalhistas no futuro. Invista em cursos de gestão de arquivo, ou contrate um software de gestão ou armazenamento em nuvem, para que tais informações não se percam e o serviço seja agilizado.

  • Hierarquia:

    O RH deve estar capacitado para analisar os riscos que cada cargo representa. Nesse caso, é essencial organizar e controlar a gestão do passivo trabalhista na empresa. Na prática, esse cuidado ameniza diversos riscos e contribui para a política de SST. Parte importante desta gestão de hierarquia e estar ativamente envolvido no processo de contratação de serviços externos. Caso sua empresa optar por prestação de terceiros para alguns aspectos como assessoria jurídica ou de imprensa.

  • Cultura de Prevenção:

    Por fim, é muito importante disseminar uma cultura sólida de SST, sempre em parceria com a área de Medicina e Segurança do Trabalho. A partir de ações em conjunto e parceria entre as áreas e departamentos, é possível promover a Política de SST que resulta em um melhor ambiente e condições de trabalho. É importante transmitir seus valores para todos os colaboradores da empresa. A fim de que estes estejam dispostos a construir uma empresa melhor para todos.

Saiba mais em nosso blog:

» eSocial: Guia completo atualizado

» Férias do trabalho: Como aproveitar e voltar renovado?

» Case de Sucesso: DProteção busca atingir toda a usabilidade do SOC

2 Comentários
  1. Agradecemos pela referência. E parabéns também pelos ótimos conteúdos publicados

  2. […] sempre atualizada. Dessa forma, é possível evitar equívocos de funções e possíveis passivos trabalhistas, jurídicos ou previdenciários. No SOC – Software Integrado de Gestão Ocupacional, as […]

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios.