Como funciona a Gestão de afastamentos e absenteísmos no SOC

eSocial - 30/01/2019

Com os dados lançados na tela de licença médica, é possível realizar a gestão de afastamentos e absenteísmo para atender o leiaute S-2230 do eSOCial.

Como funciona a Gestão de afastamentos e absenteísmos no SOC

Atualmente, observa-se uma certa carência em boa parte das empresas em relação a gestão de afastamentos e absenteísmos. No entanto, com a entrada do eSOCial, este é um assunto que não poderá ficar de lado, pois o Governo Federal passará a monitorar de perto todos os atestados dos funcionários.

No SOC – Software Integrado de Gestão Ocupacional, a tela de licença médica é a porta de entrada para essa gestão. Por meio dos dados lançados nela, é possível controlar e gerenciar o FAP, NTEP e ainda garantir que o evento S-2230 seja gerado dentro dos padrões do eSOCial.

Leia também:
► Entenda as diferença conceituais entre Afastamento e Licença Médica no SOC.
► Gestão eSOCial: conheça a Tela de Interpretação de Retornos e o Relatório de Inconsistências.
► Casos de Sucesso: Uso da mensageria do SOC para envio de dados ao eSOCial.

Com o preenchimento dos dados básicos de um atestado entregue pelo funcionário, o sistema, em tempo real, é capaz de dizer se o CID informado no atestado faz parte do rol de doenças vinculadas ao CNAE da empresa (NTEP).

Tudo isso faz com que o profissional, que lança essa informação, tome uma medida preventiva para que este funcionário não se afaste no INSS por este motivo, já que isso pode acarretar no aumento do FAP na empresa.

No momento da inclusão, o sistema informa se o atestado vai entrar na regra dos últimos 60 dias. Ou seja, caso já existam atestados com o mesmo CID lançado nos últimos 60 dias e a soma destes atestados ultrapassem os 15 dias, o sistema também apresenta esta informação ao usuário.

Com base no lançamento da licença médica, o sistema oferece um relatório de absenteísmos, em que é possível levantar os dias perdidos utilizando diversos filtros. Por exemplo: doenças, grupo patológico, setores, cargos, turnos, etc.

Neste relatório também é possível trazer o gráfico de PTP (Proporção de Tempo Perdido) e acompanhar o percentual de dias perdidos na empresa, mês a mês.

Recursos Avançados para a Gestão de Absenteísmo

O SOC também faz integrações com outros sistemas na parte de licenças médicas. Em alguns casos, o processo de lançamento de atestados, parte de um sistema de folha, ou seja, o RH lança atestados de 1 até 3 dias nestes sistemas.

No entanto, nem sempre estes sistemas possuem a gestão do atestado e os dados têm efeito somente para abono de dias e pagamento. Sendo assim, é possível enviar essas informações via webservices para o SOC.

Também é possível enviar informações do SOC para outros sistemas por meio do nosso recurso Exporta Dados, em que webservices disponibilizam essas informações para que outros sistemas a consumam.

Outro recurso que também permite maior controle dos processos de absenteísmo é a integração com o Maestro. Ele permite desenvolver um fluxo de trabalho para acompanhar cada etapa do processo direcionando as atividades às áreas responsáveis, garantindo principalmente o cumprimento de prazos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios.