Validação de conteúdo do SOC identifica erros de digitação em telas de resultados de exames

SOC - 30/04/2019

Análises como hemograma, urina e sinais cardiológicos vitais terão integridade dos dados garantida por meio configurações inseridas antecipadamente no SOC

Validação de conteúdo do SOC identifica erros de digitação em telas de resultados de examesO SOC – Software Integrado de Gestão Ocupacional dispõe de determinadas telas específicas para resultados de exames. No caso do hemograma, por exemplo, existem os níveis de plaquetas, leucócitos, entre outros componentes.

No registro do exame de hemograma dentro do sistema, o SOC oferece campos para preenchimentos destas informações. Eles servem para registrar os níveis encontrados no corpo do paciente. Após o lançamento do registro, o software coloca à disposição a validação de conteúdo, que  informa qual  o valor mínimo e máximo de cada componente encontrado no análise do hemograma.

Além do hemograma, o recurso atende outros exames que são cadastrados no SOC. Sua inteligência aponta quais parâmetros dos exames estão aceitáveis pela legislação, medicina ou SST (Saúde e Segurança do Trabalho).

O sistema verifica se os valores encontrados respeitam os parâmetros configurados pelo usuário na tela de validação de conteúdo. É importante ressaltar que os valores cadastrados na validação de conteúdo evitam que erros ocorram quando os exames são digitados no sistema. Se um exame der alterado por erro de digitação, o SOC vai avisar que os valores não batem com os reais”, explica Fabrício Simões, consultor SOC.

O consultor explica que neste caso, a validação de conteúdo funciona como um recurso protetivo. Exemplificando a tela da ficha do paciente, onde existe a tabela de dados sobre sinais seus sinais vitais.

É possível informar os níveis das frequências cardíacas, respiratórias,  peso e altura para cálculo do IMC (Índice de Massa Corporal)“, afirma Simões. “Na tela de validação de conteúdo é possível configurar a frequência mínima e máxima para evitar valores errôneos no momento da digitação da ficha clínica. Ainda temos um percentual baixo de usuários que utilizam este importante recurso do SOC. Queremos ampliar o uso da validação de conteúdo”.

Alerta de erro no ato de preenchimento

Possibilitando aconfiguração de forma prévia dos parâmetros da validação de conteúdo, é permitido que alertas de erro sejam emitidos no preenchimento dos dados. A digitação errada é identificada quando o usuário termina de digitar os dados e tenta gravá-los no SOC.

O software evita que informações erradas sejam gravadas em sua base de dados. Sem a inteligência da validação de conteúdo, é impossível validar dados e informações que são inseridos com erros de digitação. A manutenção destes erros pode afetar o resultado de exames, atestados e outras documentações. O exame pode até não apresentar erros, mas uma digitação equivocada pode afetar todo o processo”.

Complementando, na tela de validação de conteúdo, há intervalo mínimo e máximo para os parâmetros específico configurando no sistema. Mas a ferramenta também possui uma outra coluna de preenchimento que define como válido um valor contido dentro de um intervalo de um ponto ao outro.

Vamos imaginar que o PH de um exame de urina tem de 1.000 a 2.000, mas que o aceitável seja de 1.500 a 1.700. Se o exame der 1.800, o sistema vai aceitar como alterado por estar fora do intervalo da normalidade. Além de cercar os erros, a validação de conteúdo permite avaliar possíveis alterações nos exames realizados pelo colaborador”, finalizou.

Leia também:
►Prazo de entrega de contribuições previdenciárias do Grupo 2 do eSocial é alterado
► Adicional de Insalubridade: Saiba como ter direito ao benefício
► Necessidade de investimento em tecnologia fortalece em eSocial
► Conheça a Tela de Relatórios Agendados do SOC

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios.