Motivos para não adiar a adequação de SST no eSocial

eSocial - 18/07/2019
Os prazos para o envio dos dados ao eSocial foram prorrogados, mas mesmo assim é preciso estar atento a adequação, não deixando-a para último momento.

Motivos para não adiar a adequação de SST no eSocialIndependentemente do prazo definido pelo Governo, as empresas precisam estar atentas às mudanças na rotina de Saúde e Segurança do Trabalho (SST) para iniciarem a adequação de SST no eSocial o quanto antes.

Afinal, não há dúvidas de que essa é uma das áreas mais impactadas. São sete leiautes, seis tabelas e duas regras de validação de informações que merecem atenção especial.

Além disso, documentos como Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) e Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) serão substituídos por eventos do eSocial e caberá ao empregador lançar os dados sempre que necessário.

Portanto, preste atenção nos itens abaixo e fique pronto para enviar as obrigatoriedades de SST no prazo e sem multas.

Problemas possíveis nas adequações de última hora

Sabemos que deixar para resolver pendências de última hora geralmente não dão certo. Por isso, decidimos dar uma atenção especial neste assunto.Isso porque, mesmo com a prorrogação do eSocial, é importante ter uma certa antecedência para não cometer erros, ficar atrasado e até mesmo enfrentar problemas maiores, como as temidas multas.

O eSocial é algo de grande importância e obrigatório para ser deixado de lado e só ser lembrado algumas semanas antes do prazo final.

Confira algumas questões que podem dar errado durante o processo de implantação do eSocial:

1. Superlotação do servidor

Quando muitas pessoas decidem acessar a plataforma ou sites em um mesmo momento, algumas falhas e erros acabam aparecendo. O servidor pode acabar travando ou não salvando os dados que você preenche, te atrasando mais ainda.

Sabemos que a maioria das pessoas cometem esse erro, então, procure deixar as obrigações sempre adiantadas e, caso haja algumas mudanças, você apenas atualiza as informações necessárias.

2. Tempo para preenchimento

Preencher os campos do eSocial não é algo rápido de ser feito devido às regras, parametrizações e quantidade de dados enviados. Principalmente, quando há muitos funcionários.

Além disto, é preciso redobrar a atenção com todas as mudanças em andamento. Afinal, pode ser que você esqueça de preencher informações que foram substituídas ou não são mais necessárias.

Por isso, procure deixar planilhas de dados, informações sobre trabalhadores sempre em ordem, para quando for mandar as informações e eventos do eSocial.

Aprendizado pela adequação

Um dos benefícios do cronograma do eSocial ser disponibilizado com antecedência é para que haja calma com as datas e também o costume para o uso do sistema. Se as demandas forem deixadas de lado e para última hora, não há o aprendizado de preenchimento e envio dos processos.

Evitar multas

A ideia é aumentar a fiscalização do Ministério do Trabalho e Previdência. Ou seja, haverá monitoramento sobre os procedimentos entregues e prazos. Caso haja falta de dados ou erros, não será possível o envio.

Lembre-se que se as informações não forem entregues até a data limite, será gerado multas. As multas podem chegar a R$ 4.025,33 , de acordo com o artigo 201 da CLT.

Saiba mais sobre o eSocial:
» eSocial: Guia completo atualizado.
» Aprenda onde consultar recibos do eSocial em três passos.
» Checklist de eSocial para clínicas de saúde ocupacional.
» Prorrogação do eSocial: Confira o Cronograma de Simplificação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios.