Como implementar programas de segurança e saúde no trabalho na sua empresa?

Serviços, SOC, Tecnologia - 27/08/2019

Os programas de segurança e saúde no trabalho são indispensáveis para manter todos os seus funcionários saudáveis e seguros. Entretanto, existem algumas boas práticas para criar programas mais eficientes. Saiba quais.

Como implementar programas de segurança e saúde no trabalho na sua empresaDentro de qualquer empresa, existe uma série de regulamentações e diretrizes em relação à segurança e à saúde dos funcionários. Esses procedimentos têm como função priorizar o bem-estar dos colaboradores de seu negócio e protegê-los contra eventuais acidentes e prejuízos à integridade tanto física quanto mental.

A segurança do trabalho influencia toda a cadeia administrativa da empresa. Pois, quando bem realizada no ambiente de trabalho, melhora:

  • os índices de produtividade,
  • a reputação da marca,
  • a organização interna e reduz custos,
  • além de promover vários outros benefícios.

Programas de Segurança e Saúde no trabalho

Para implementar as regras de segurança e saúde no trabalho, o setor de Recursos Humanos é o principal responsável. É preciso que haja uma colaboração constante entre diferentes funcionários. Como:

  • os gestores,
  • supervisores,
  • médicos do trabalho,
  • técnicos em segurança do trabalho,
  • engenheiros, etc.

De maneira integrada, fica mais fácil obter resultados positivos para a performance da empresa e garantir que as regras estejam sendo cumpridas, melhorando a qualidade de vida e segurança de todos os colaboradores.

Ou seja, é muito importante pensar nos melhores sistemas de segurança e saúde no trabalho.
Neste texto, iremos apresentar seis programas obrigatórios nas empresas e as características de cada um. Acompanhe!

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e Comissão Interna de Prevenção de Acidentes na Mineração (CIPAMIN)

Essa comissão é formada por profissionais que atuam na proteção e prevenção contra acidentes no âmbito de trabalho. Uma das estratégias dela é realizar reuniões todos os meses para colocar em questão os riscos envolvidos na profissão e quais os melhores métodos para evitá-los.

A CIPA também atua conscientizando os funcionários da empresa toda, divulgando informações, oferecendo palestras e dando instruções para aumentar o bem-estar geral e prevenir casualidades. Ela também pode exercer a função de fiscalizadora dos espaços, garantindo que todas as diretrizes estejam sendo seguidas.

A diferença da CIPAMIN em relação à CIPA é que a primeira atua em empresas que lidam com a área de mineração e extrativismo. Por se tratar de um ramo específico e com grande exposição a riscos, a CIPAMIN é responsável por avaliá-los e propor estratégias de prevenção.

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (PCMAT)

O PPRA administra os riscos envolvidos em empresas onde os funcionários entram em contato com agentes químicos, físicos ou biológicos que podem ser nocivos à saúde.

Ou seja, sempre que houver ambientes com muito calor, frio, radiação e materiais corrosivos, é necessário implementar esse programa.

Já o PCMAT atua de maneira semelhante, porém com foco nos ambientes de trabalho que envolvem canteiros de obras e que empregam vinte ou mais trabalhadores.

Segundo a norma reguladora, toda construção grande precisa estar equipada com local de refeições, alojamento, vestiário e instalações sanitárias, além de uma área de lazer.

Programa de Gerenciamento de Riscos (PGR) e Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO)

O PGR, assim como a CIPAMIN, é mais voltado às áreas de mineração e extrativismo. Que são ambientes de trabalho com exposição a metais pesados e outros riscos específicos. Esse programa é parecido com o PPRA que citamos previamente, com a diferença de que o primeiro tem foco no setor industrial.

O PCMSO lida com o mapeamento prévio das condições de trabalho e faz um diagnóstico das possíveis doenças que o ambiente pode causar, antecipando as eventuais ocorrências.

Portanto, o PCMSO envolve a atuação de médicos do trabalho que realizam o exame admissional, exames periódicos, de volta ao trabalho, de mudança de função e de desligamento da empresa.

 

Se interessou pelo assunto e quer saber mais sobre segurança e saúde no trabalho? Leia outros textos no nosso blog!

» Sistema de gestão de saúde e segurança do trabalho

» Como escolher o melhor sistema de informação em saúde?

» Conheça os principais Indicadores de Qualidade de Vida

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios.