Gestão de CIPA: saiba como garantir a eficácia de sua gestão

Funcionalidade, Segurança no Trabalho, Serviços - 16/09/2019

Você sabe o que é a CIPA e como possuir a eficácia de gestão sobre ela? Vamos falar um pouco sobre essa comissão, sua importância e atributos que responsáveis. Leia abaixo.

Gestão de CIPA saiba como garantir sua eficácia (2)A CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) trata-se de um grupo de trabalho que é composto por colaboradores de uma empresa. O qual tem como principal objetivo desenvolver ações ou atividades que busquem a prevenção de doenças ocupacionais e de acidentes de trabalho. Como, por exemplo, adotar equipamentos de segurança individuais e coletivos.

A criação da CIPA está prevista na legislação trabalhista vigente. Mais especificamente na NR 5 da Portaria Nº 3.214, de 8 de junho de 1978, a qual foi emitida pelo Ministério do Trabalho.

Mas, e então, tudo isso é provável que já tenha conhecimento, sobretudo se já faz parte da CIPA de sua empresa, o que talvez ainda seja um desafio para você é como gerir com eficácia essa comissão. Para lhe ajudar nesse processo, fizemos este artigo com algumas dicas. Confira e tome nota do que achar necessário!

Conheça as atribuições da CIPA

Você faria uma apresentação para um público seleto sem estudar o conteúdo que transmitirá? Certamente, respondeu que não, pois poderá fazer feio na apresentação e colocar a sua imagem em risco.

Então, tomando isso como ponto de partida, o primeiro passo para gerir com eficácia a CIPA é conhecer com propriedade as suas atribuições, para que assim possa refletir e pensar em soluções viáveis e eficazes com o objetivo de proteger os funcionários da empresa para a qual trabalha.

A NR 5, da qual já falamos no início deste texto, traz uma série de funções que são de competência da CIPA. A seguir, confira algumas:

  • Promover em parceria com a empresa campanhas de prevenção a doenças como AIDS ou HIV, malária, entre outras;
  • Mapear ou fazer um levantamento a respeito dos riscos concernentes ao trabalho, bem como providenciar as soluções para os que forem identificados;
  • Realizar o plano de trabalho com ações preventivas para os riscos encontrados;
  • Executar o plano de trabalho, bem como controlar as ações e avaliá-las, buscando com isso garantir que tudo saia conforme o planejado;
  • Implementar melhorias constantes nas ações de prevenção à saúde física e emocional do trabalhador;
  • Participar de reuniões e defender os interesses e objetivos da CIPA;
  • Fazer cumprir as normas regulamentadoras que tenham relação com a prevenção da saúde do trabalhador.

Quando tomamos conhecimento total daquilo que é colocado em nossas mãos, podemos idealizar soluções que sejam capazes de resolver os problemas que afetam a um processo ou podem colocar em risco à segurança física e emocional dos envolvidos.

Escute com atenção aos funcionários

A CIPA é composta tanto por representantes do empregador quanto dos empregados ou colaboradores, de acordo com a tabela de dimensionamento prevista na NR 4. Na comissão, temos como figura principal a do presidente, que é o responsável por conduzir as operações e fazê-las serem cumpridas.

Para que o presidente da CIPA consiga fazer uma gestão eficaz é primordial que ele saiba escutar os funcionários da empresa. Buscando, com isso, conhecer, de perto, a realidade daqueles que se colocam em risco o tempo todo, muitas vezes, mas que não recebem a devida atenção.

Quando um funcionário ocupa uma posição de poder, é comum que ele se sinta muito importante. Falando mais e escutando menos, o que é um erro. Os funcionários são uma fonte rica de informação e podem contribuir para uma gestão poderosa e participativa, de destaque.

Seja um líder

A maioria dos grupos ou departamentos sempre tem uma figura central que delega ou comanda as operações. As vezes de uma maneira mais autoritária, outras, de maneira mais cordial. Mas sem perder o poder que tem nas mãos. A este último, chamamos de líder.

Mas o que a liderança tem a ver com a gestão eficaz da CIPA? Tudo. O líder eficaz conhece o que tem que fazer para alcançar os objetivos do grupo que conduz e sabe como conseguir o apoio da equipe.

Ele é, antes de tudo, exemplo para muitos. Por isso mesmo que é visto como alguém a ser respeitado e considerado no âmbito da organização e, sobretudo, na CIPA.

Quando o presidente é autoritário e tem o costume de delegar as tarefas sem ouvir a equipe, tende a criar conflitos no âmbito da CIPA e até mesmo inimizades, de forma a torná-la ineficaz e ineficiente.

Qual funcionário ou participante da equipe da CIPA desenvolveria uma tarefa que foi pedida de forma grosseira por quem deveria pedir com educação e cordialidade? Ele poderá até desempenhar a atividade, mas a fará de qualquer jeito. Pois não tem motivação para dar o seu melhor.

Promova campanhas de conscientização em relação à segurança e saúde no trabalho

Ainda que a CIPA desenvolva com competência as suas atribuições, dando o seu melhor, de nada adianta se a empresa alimenta uma cultura em que a segurança no trabalho é vista como algo a não ser priorizado. Portanto, invista em campanhas de conscientização em relação à segurança no âmbito de trabalho. Para que assim prepare o campo para receber as medidas preventivas que a comissão adotar.

Faça uso de tecnologias de gestão

A tecnologia é uma forte aliada das organizações e, principalmente, da CIPA. Contamos com um sistema de gestão que pode otimizar diversas operações que fazem parte do dia a dia da CIPA. Abaixo, conheça melhor alguns dos benefícios oferecidos pelo nosso sistema:

  • Organização, padronização e agilidade nos processos de Segurança e Saúde no Trabalho;
  • Gestão de documentos considerados importantes para a melhoria dos processos e ações da CIPA;
  • Redução de custos, considerando que quase tudo pode ser feito de forma digital. O que possibilita, por exemplo, a redução de impressão de papeis;
  • Integração de dados que podem ser utilizados para garantir maior agilidade e segurança na tomada de decisão.

Como se vê, é preciso adotar diversas atitudes para garantir uma gestão eficaz da CIPA. Desde a mudança de comportamento do presidente, passando pela completa compreensão das atribuições desse órgão, até a adoção de tecnologias que facilitem esse processo.

Aproveitando que está aqui, por que não acessa nosso site para conhecer melhor a nossa solução? Não perca!

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios.