SESMT: O que é e quais seus objetivos?

Funcionalidades, Serviços, SOC - 11/10/2019

Você sabia que o SESMT é obrigatoriamente indispensável para qualquer empresa que queira criar um nome de respeito no mercado? Entenda tudo sobre esta sigla a partir de nosso conteúdo.

SESMT O que é e quais seus objetivosNa competitividade resultada de um mercado em constante renovação, criar o ambiente de trabalho ideal acabou se tornando um dos principais objetivos para qualquer empresa. O motivo? Simples: a concepção de um espaço agradável, seguro e estimulante gera impactos diretamente positivos em toda a produtividade de um negócio.

Sendo cada vez mais perceptível por qualquer empreendedor que esteja tentando manter seu nome a ativa em todo este processo, esta preocupação vem se tornando indispensável e, pasmem, a base para qualquer negócio bem sucedido. Para sua execução, conceitos, técnicas e leis são harmonizados a fim de promover um ambiente estável e de constante segurança para todos os envolvidos no funcionar de uma companhia.

Referência na área, o SESMT tem sido uma opção cada vez mais analisada e escolhida por empreendedores de alto patamar e consciência de mercado. Sendo assim, este artigo foi feito para lhe aprofundar sobre todos os detalhes deste serviço! Vamos lá?

O que é SESMT?

SESMT é a sigla para Serviço Especializado em Engenharia e Medicina do Trabalho. Pensada pela primeira vez durante a Revolução Industrial, esta ideia só veio receber a merecida atenção nos tempos contemporâneos. Onde virou obrigatoriedade para qualquer empresa pública ou privada que contrate empregados sob o regimento da Consolidação das Leis do Trabalho.

Conforme apontado no artigo 162 da CLT, a base do SESMT visa assegurar a integridade física de operários, alertando sobre possíveis dilemas referentes à segurança e saúde que possam vir a afetar o rendimento de uma organização ou ainda gerar problemas de maior escopo.

Para seu esquema de funcionamento, este serviço inclui uma equipe de profissionais especializados que ficam à disposição dos colaboradores de determinada empresa. De modo a auxiliá-los sempre que necessário. Normalmente, este time é composto por médicos, engenheiros e técnicos de segurança do trabalho, enfermeiros e auxiliares de enfermagem. Em casos especiais, todavia, o quadro profissional pode ser reforçado por psicólogos, fisioterapeutas e outros experts do mesmo nicho.

Em campo, cada profissional contribui de acordo com a sua especialização, sendo ainda proibido de exercer qualquer outro tipo de função dentro da companhia, conforme apontado na Norma Regulamentadora nº 4, em seus itens 4.4.2 e 4.10. Na prática, o médico, por exemplo, deve ser formado e ter uma pós-graduação em medicina do trabalho, além de apresentar experiência no serviço. Consecutivamente, o mesmo se aplica aos engenheiros e enfermeiros.

Quais os objetivos do SESMT?

Entre todos os dilemas deste método organizacional, talvez seu principal objetivo seja quase imperceptível de imediato: a redução dos custos na empresa.

Mas como isso acontece? Simples: Com o SESMT, a segurança e o bem-estar no ambiente de trabalho acabam recebendo a devida atenção e impedindo gastos e demais dores de cabeça inoportunas geradas por acidentes, doenças e outros problemas que possam impedir os profissionais de exercerem suas funções ou gerarem indenizações que virão a afetar todo o sistema de custos da companhia.

Com uma equipe capacitada e à disposição dos colaboradores para aniquilar qualquer empecilho que possa desandar com o fluxo de produção, o ambiente de trabalho acaba se tornando agradável e extremamente bem recebido por todas as frentes da empresa, gerando ainda um senso coletivo de coleguismo e prontidão para novos projetos e ações de melhoria a curto, médio e longo prazo.

Com o SESMT garantindo uma perfeita harmonia no funcionar entre todos os setores, fica ainda mais fácil a promoção de programas de prevenção e conscientização por parte da empresa, por exemplo. Sendo assim, os resultados são perceptíveis e impactantes logo à primeira vista, sem precisar de nenhuma outra intervenção a não ser a própria organização.

A atuação do SESMT em conjunto com a CIPA

Um grande pronto do SESMT é a sua atuação em conjunto com a CIPA.

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) é um grupo de representantes de uma determinada empresa que tem o mesmo objetivo da SESMT. Agindo em parceria, estas duas entidades acabam sendo essenciais para a construção de um ambiente aceitável.

O trabalho da diretoria na empresa, entretanto, fica no incentivo de interligação entre o Serviço e a Comissão. Que devem sempre andar lado a lado e analisando situações de forma parecida.

Entre as ações realizadas em fruto desta parceria está a SIPAT, por exemplo, que nada mais é do que a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho. Este evento, voltado para o público interno, tem o objetivo de mostrar aos colaboradores a importância das medidas de proteção e também a sua influência na segurança do ambiente de trabalho, não somente de maneira individualista, mas num escopo coletivo.

Sendo assim, toda a consolidação deste serviço está justamente na busca em proporcionar uma qualidade de trabalho muito mais apta para toda a equipe de uma empresa. Saber manter um ambiente chamativo é a peça-chave para qualquer empreendedor que busca encontrar seu lugar de destaque no mercado.

Neste esquema, a implementação de um SESMT é fundamental para garantir que todo o processo organizacional não venha a desmoronar no futuro por algum simples deslize diante aqueles que são os mais valiosos para o funcionar de um empreendimento.

Quer conhecer a solução ideal para o seu negócio? Então, acesse o nosso site e confira o nosso sistema!

Conheça mais de nossos conteúdos:

» Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD): suas aplicações na prática

» Os desafios da implementação de um novo sistema nas empresas

» Preparação para o eSocial: A importância da antecipação das empresas

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios.