SIPAT – Semana de Prevenção De Acidentes no Trabalho

Segurança no Trabalho - 10/02/2020

Você sabe o que é SIPAT? Esta sigla significa Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho. Por lei, deve ser realizada uma vez por ano nas empresas. Saiba mais sobre ela.

SIPAT - Semana de Prevenção De Acidentes no TrabalhoÉ uma medida importante para prevenção de acidentes no ambiente de trabalho. E muitas vezes também é aproveitada para abordar outros assuntos que afetam a vida do trabalhador, como:

  • prevenção da AIDS (outro tema obrigatório por lei),
  • planejamento familiar,
  • vícios como álcool, drogas, tabagismo e jogos,
  • alimentação e obesidade,
  • educação financeira,
  • qualidade de vida,
  • palestra motivacional,
  • etc.

O que ocorre numa SIPAT?

A ideia é conscientizar os trabalhadores a respeito da prevenção de acidentes no seu ambiente de trabalho, oportunizando reflexões que melhorem as práticas e diminuam esses índices. Assim, a primeira coisa que se pensa para um evento assim é um ciclo de palestras, não é mesmo?

É muito válido, mas não é necessário que a empresa se prenda só a essa alternativa. É importante que seja atraente para o público, para que ele queira participar. Atualmente há empresas especializadas em organizar SIPAT, e elas costumam fazer, além de palestras animadas, brincadeiras como gincanas, dinâmicas, apresentações teatrais, etc. Órgãos públicos que trabalham com aspectos como prevenção de doenças, saúde mental, entre outros, podem disponibilizar materiais para serem distribuídos na empresa.

Como organizar uma SIPAT?

Pela Norma Regulamentadora número 5 (NR-5), esta atribuição é de responsabilidade da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), com o auxílio da SESMT (Serviço Especializado em Saúde e Medicina do Trabalho), quando houver. A CIPA é formada por representantes dos trabalhadores e dos empregadores exatamente para atuar na prevenção de acidentes de trabalho. Já a SESMT reúne profissionais formados em áreas como segurança do trabalho, medicina do trabalho, engenharia do trabalho, etc.

Caso a empresa seja pequena a ponto de não haver CIPA, o encarregado é o trabalhador responsável pelos assuntos referentes à NR-5, que regulamenta a criação da CIPA.

Em primeiro lugar, é preciso saber quais são os temas mais urgentes para tratar com os trabalhadores. Pode-se fazer uma pesquisa diretamente com eles, e também checar em relatórios de afastamento quais são os motivos que mais se repetem.

Outro ponto a ser levado em conta é que todos os trabalhadores devem ter acesso aos conteúdos da SIPAT, independentemente do setor e do turno em que trabalhem. Há chefes que não gostam muito da ideia de afastar os funcionários por algumas horas das suas tarefas diárias. Mas pense que isso evitará que estes mesmos funcionários sejam afastados por acidentes ou problemas de saúde no futuro. E, se a organização do evento for boa, levando em conta a agenda dos setores, o atraso nos trabalhos da empresa será mínimo ou até nem existirá.

Quando organizar uma SIPAT?

Atenção: ações de prevenção de acidentes devem acontecer no ano todo, de forma consistente, para que sejam eficazes!

Pela lei, a SIPAT precisa acontecer uma vez por ano. Antigamente, havia a obrigação de que acontecesse na última semana de novembro, mas hoje determinar o melhor momento fica a cargo de cada local de trabalho.

Saiba mais sobre o SOC a partir de nosso site.

Conheça mais sobre nossos conteúdos:

» Quais os serviços que o SOC oferece para você e sua empresa?

» Qual a importância e como aplicar a saúde ocupacional na minha empresa?

» Inteligência Artificial tomará ou não as vagas de trabalho de seres humanos?

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios.