Gestão de medicina preventiva nas empresas em meio à crise do Covid-19

Novidades, Saúde Ocupacional, Tecnologia e Inovação - 28/07/2020

Já sabe como aplicar uma gestão de medicina preventiva na sua empresa? Mais do que práticas da medicina ocupacional, as medidas preventivas podem colaborar em meio à crise da Covid-19. Veja!

Gestão de medicina preventiva nas empresas em meio à crise do Covid-19

As medidas do programa de saúde ocupacional e o oferecimento de um plano de saúde aos empregados não garantem mais que a empresa fique livre de doenças infectocontagiosas. A nova doença Covid-19, causada pelo coronavírus, mostrou a necessidade de atuar com uma gestão de medicina preventiva.

O quadro atual impulsionou profissionais da área a criar soluções, principalmente tecnológicas que colaborem para o dia a dia das empresas em relação à saúde.

Esse é o panorama desejado para o futuro: que as empresas possuam mais ferramentas para prevenir surtos de doenças entre seus funcionários por meio de ações efetivas.

As medidas já utilizadas nas empresas

Sabemos que os exames anuais são obrigatórios, chamados de exames periódicos, e que variam conforme a ocupação do funcionário. Além disso são feitos também na hora da admissão e demissão.

Somado a isso temos diversas empresas que oferecem aos seus colaboradores planos de saúde gratuitos ou com cobranças menores do que o usual.

Essas medidas, entretanto, não são suficientes para que internamente a organização fique livre de doenças infectocontagiosas. Os exames obrigatórios são anuais e não há garantia de uso dos planos de saúde oferecidos.

A gestão de medicina preventiva em meio à crise

Pensando nesse quadro, profissionais procuram desenvolver mecanismos mais dinâmicos para controle da saúde dos funcionários. A ideia central é trazer ações mais pontuais para prevenir a contaminação do coronavírus na empresa.

Assim, nascem soluções que colaboram para melhores práticas no futuro.

Inserção de operações digitais na área de SST

Um exemplo prático é o software desenvolvido para implementar operações digitais na área de SST da empresa. Com o menor contato com o papel, menores são as chances de contaminação entre os funcionários.

Outro recurso é o SOC videochamada, que funciona de acordo com a Portaria nº 467, de 20 de março de 2020 e a Medida Provisória 927/2020. O seu intuito é proporcionar atendimento médico aos colaboradores em isolamento social por conta de contaminação com a Covid-19.

Além disso, o aplicativo está ligado a programas da empresa para gestão completa das ações de medicina preventiva com os programas ocupacionais.

A medicina preventiva no futuro das empresas

A tecnologia melhora a gestão de medicina preventiva para as empresas e apresenta possibilidades para ainda mais melhorias no futuro. Esse tipo de tecnologia é apenas o início de um conjunto de práticas mais efetivas no dia a dia das organizações.

Infelizmente a pandemia é uma realidade e trouxe grandes dificuldades para as empresas manterem seu funcionamento. Por outro lado, traz a necessidade de evoluir esse tipo de dinâmica em torno da saúde dos funcionários.

A tendência é que essas ações permaneçam mesmo após o fim da pandemia e se transformem em novas práticas diárias.

A gestão de medicina preventiva nunca foi tão importante para as empresas quanto é hoje, durante a crise causada pelo Coronavírus. A fim de manter a saúde de seus funcionários e o bom funcionamento dos processos internos, a tecnologia é grande aliada dos gestores.

Se você tem interesse em recursos para operações digitais na área de SST, não deixe de saber mais sobre o nosso SOC!

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado. *Campos obrigatórios.